SER ESTUDANTE DE ENFERMAGEM DURANTE A PRIMEIRA PRÁTICA HOSPITALAR: SIGNIFICADOS E MUDANÇAS

  • Ivanilza Carminha da Silva
  • Layla Nayara da Silva Santos
  • Lenuzia da Silva Carneiro
  • Thayná Oliveira Militão
  • Emily da Cruz Lima
  • Adriana Braitt Lima

Resumo

Trata-se do relato da experiência de cinco estudantes de graduação em enfermagem após a primeira prática hospitalar em uma instituição pública na cidade de Feira de Santana, Bahia, no ano de 2014, cujo objetivo foi compreender os significados e mudanças no ser do estudante de enfermagem durante a primeira prática hospitalar. Foram utilizadas a abordagem qualitativa e a análise de conteúdo temático-categorial para a análise dos relatos, depreendendo-se duas categorias: significados e percepções de mudanças. A categoria significados emergiu do relato sobre o medo de causar danos à pessoa hospitalizada e de não alcançar as expectativas de ajuda pautadas no altruísmo, na gratidão pelo cuidado prestado e na aprendizagem alcançada. A categoria percepções de mudanças surgiu do relato sobre a confiança adquirida pelo crescimento pessoal, o que possibilitou vencer as inquietações e tomar decisões sobre o cuidado, considerando como subsídio o amor, a dedicação, a responsabilidade, o apoio da equipe e a comunicação. Concluiu-se que a prática é significada como uma experiência envolta de medos, expectativas e desafios que precisam ser enfrentados para se chegar a um objetivo final, pautado por um novo olhar frente ao que se pode fazer para ser humano ao ajudar a pessoa cuidada.


Palavras-chave: Educação em enfermagem. Estudante de enfermagem. Estágio clínico.

Biografia do Autor

Ivanilza Carminha da Silva

Graduandas em enfermagem. Bolsistas do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa e Estudos em Saúde. Feira de Santana, Bahia, Brasil.

Layla Nayara da Silva Santos

Graduanda em enfermagem. Bolsista do Núcleo Interdisciplinar de Estudos em Desigualdades de Saúde. Feira de Santana, Bahia, Brasil. 

Lenuzia da Silva Carneiro

Graduandas em enfermagem. Bolsistas do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa e Estudos em Saúde. Feira de Santana, Bahia, Brasil.

Thayná Oliveira Militão

Graduanda em enfermagem. Voluntaria do Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Vulnerabilidade e Saúde. Feira de Santana, Bahia, Brasil.

Emily da Cruz Lima

Graduanda em enfermagem. Bolsista do Núcleo de Extensão e Pesquisa em Saúde da Mulher. Feira de Santana, Bahia, Brasil.

Adriana Braitt Lima

Doutora em Enfermagem. Profa. Adjunta do Curso de Enfermagem da Universidade Estadual de Feira de Santana. Salvador, Bahia, Brasil.

Publicado
2018-08-04
Como Citar
CARMINHA DA SILVA, Ivanilza et al. SER ESTUDANTE DE ENFERMAGEM DURANTE A PRIMEIRA PRÁTICA HOSPITALAR: SIGNIFICADOS E MUDANÇAS. Revista Baiana de Saúde Pública, [S.l.], v. 42, ago. 2018. ISSN 2318-2660. Disponível em: <http://rbsp.sesab.ba.gov.br/index.php/rbsp/article/view/2883>. Acesso em: 19 nov. 2018. doi: https://doi.org/10.22278/2318-2660.2018.v42.n0.a2883.
Seção
Relato de experiências