Voltar aos Detalhes do Artigo MORTALIDADE INFANTIL POR MALFORMAÇÕES CONGÊNITAS: ESTUDO DE SÉRIE TEMPORAL