FORMULAÇÃO DA POLÍTICA DE SAÚDE DA POPULAÇÃO NEGRA EM SALVADOR: ATORES E PROPOSTAS

  • Carmen Fontes Teixeira Universidade Federal da Bahia
  • Marcos Vinícius Ribeiro de Araújo Universidade Federal da Bahia

Resumo

O reconhecimento da problemática da saúde da população negra tem subsidiado a mobilização social em torno da formulação de políticas e programas específicos nas três esferas de gestão do Sistema Único de Saúde. O objetivo desse artigoé descrever e analisar o processo de formulação da Política de Saúde da População Negra ocorrido em Salvador, no período 2005-2006, com base em extensa revisão documental e análise de entrevistas realizadas com informantes-chave que participaram direta ou indiretamente do processo. Os resultados incluem a caracterização do Contexto, a identificação dos Atores e a descrição do processo político-institucional desenvolvido pelo Grupo de Trabalho de Saúde da População Negra, criado no âmbito da Secretaria Municipal de Saúde em 2005, bem como a análise dos problemas identificados e as propostas elaboradas e formalizadas no Plano Municipal de Saúde 2006-2009. 

Publicado
2014-07-31
Como Citar
TEIXEIRA, Carmen Fontes; DE ARAÚJO, Marcos Vinícius Ribeiro. FORMULAÇÃO DA POLÍTICA DE SAÚDE DA POPULAÇÃO NEGRA EM SALVADOR: ATORES E PROPOSTAS. Revista Baiana de Saúde Pública, [S.l.], v. 37, n. 4, p. 891, jul. 2014. ISSN 2318-2660. Disponível em: <http://rbsp.sesab.ba.gov.br/index.php/rbsp/article/view/396>. Acesso em: 27 maio 2019. doi: https://doi.org/10.22278/2318-2660.2013.v37.n4.a396.
Seção
Artigos originais de temas livres

Palavras-chave

Política de Saúde; População Negra; Anemia Falciforme; Racismo Institucional; Violência; Raça/cor.