RELAÇÃO ENTRE EXCESSO DE PESO E CONSUMO DE CÁLCIO EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES

  • Simone MORELO DAL BOSCO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES
  • FERNANDA SCHERER CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES
  • FERNANDA SCHERER CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES
  • Deize Zanchett CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES
  • Deize Zanchett CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES
Palavras-chave: Estado Nutricional, Cálcio, Crianças, Adolescentes

Resumo

O objetivo do presente estudo foi relacionar o estado nutricional com a ingestão de macronutrientes e cálcio em crianças e adolescentes de um município do Rio Grande do Sul. O método utilizado foi o estudo transversal com 292 crianças e adolescentes, de ambos os gêneros, matriculadas nas escolas públicas do município. Foi realizada a avaliação nutricional e o recordatório de 24 horas em dois dias distintos, sendo considerada a média de ambos para o resultado final. Encontrou-se um consumo de cálcio acima do recomendado entre as crianças e adolescentes com sobrepeso (p=0,026). Entre os meninos, observou-se um consumo significativamente maior de cálcio em relação às meninas (p=0,007), também entre os meninos observou-se uma ingestão significativamente menor de lipídios em relação às meninas (p=0,031). Conclui-se, portanto, que o excesso de consumo de cálcio está associado a crianças e adolescentes com sobrepeso. Não houve relação do estado nutricional com a ingestão de macronutrientes.

Biografia do Autor

Simone MORELO DAL BOSCO, CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES
departamento de saúde coletiva
FERNANDA SCHERER, CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

MESTRE EM SAÚDE COLETIVA 

DEPARTAMENTO DE SAÚDE COLETIVA

FERNANDA SCHERER, CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

MESTRE EM SAÚDE COLETIVA 

DEPARTAMENTO DE SAÚDE COLETIVA

Publicado
2015-10-16
Seção
Artigos originais de temas livres