ATELIER GAIA: SUA HISTÓRIA E A ARTE NO CAMPO DA ATENÇÃO PSICOSSOCIAL

  • Paula Conceição Fabrício Instituto de Psiquiatria da UFRJ IPUB
  • Maria Cristina Reis Amendoeira Instituto de Psiquiatria da UFRJ IPUB
  • Maria Tavares Cavalcanti Instituto de Psiquiatria da UFRJ IPUB
Palavras-chave: Saúde mental, reabilitação psicossocial, serviço de saúde mental, reforma dos serviços de saúde, arte e cultura

Resumo

O Atelier Gaia é um serviço criado na Colônia Juliano Moreira, zona oeste do Rio de Janeiro, com origem no Museu Nise da Silveira, atual Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea (MBRAC), na década de 80 do século XX, nos anos iniciais da Reforma Psiquiátrica Brasileira, período de transição do modelo asilar para a atenção psicossocial.
O objetivo deste artigo é registrar a história e evolução do espaço, contrapondo com as ideias de Nise da Silveira, corroborando o entendimento e a constatação de como o uso terapêutico da produção artística é capaz de promover a reabilitação psicossocial dos envolvidos na criação. A metodologia adotada foi a pesquisa qualitativa, na qual se utilizou as técnicas observação participante, estudo de caso e entrevistas aprofundadas, individuais e em grupo com os personagens do atelier, o que permitiu observar a importância que teve na subjetivação, autonomia e liberdade destes indivíduos. Concluiu-se que a continuidade do Atelier Gaia e a expansão de serviços similares por toda rede de cuidado deveria ser garantida como espaço terapêutico e de criação, o que poderia representar uma nova fase de desenvolvimento no modelo assistencial, isto é, uma reforma cultural por meio da própria cultura e da arte. Foi desta maneira que o Atelier Gaia estruturou-se e participou da reabilitação psicossocial de todos os que estiveram envolvidos com o seu desenvolvimento, proporcionando subjetivação, autonomia e reduzindo a necessidade do aparato manicomial e assim fortalecendo o campo da atenção psicossocial.

Palavras-chave: Saúde mental. Atenção psicossocial. Serviço de saúde mental. Reforma dos serviços de saúde. Arte e cultura.

Biografia do Autor

Paula Conceição Fabrício, Instituto de Psiquiatria da UFRJ IPUB

Médica Graduada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2001-2006).

Psiquiatra, residência no Instituto Municipal Philippe Pinel (2009-2012).

Registro no CREMERJ em 25/07/2014

 Médica psiquiatra atuando no Centro Municipal de Saúde Píndaro de Carvalho Rodrigues

Universidade Federal do Rio de Janeiro- IPUB.

IPUB: Avenida Venceslau Brás,71. Botafogo.

Telefones para contato: (21) 988722073/ (21) 22754611

 

E-mail: paulafabricio@gmail.com

Maria Cristina Reis Amendoeira, Instituto de Psiquiatria da UFRJ IPUB

Doutora em Psiquiatria, Psicanálise e Saúde Mental pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2008).

Mestre em Psiquiatria, Psicanálise e Saúde Mental pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000).

Psicanalista da Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro. Associada à International Psychoanalytical Association (IPA).

Maria Tavares Cavalcanti, Instituto de Psiquiatria da UFRJ IPUB

PhD em Epidemiologia Psiquiátrica pela Universidade de Columbia, Nova York (2008).

Doutora em Psiquiatria, Psicanálise e Saúde Mental pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1997).

Mestre em Psiquiatria, Psicanálise e Saúde Mental pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1992).

Professora Associada da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Diretora do Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2010-2014/2014-2018).

Publicado
2017-09-17
Seção
Artigos originais de temas livres