Preceptoria com discentes de enfermagem na estratégia saúde da família

  • Fábia Luanna Leite Siqueira Mendes Santos Universidade Tiradentes
  • Fernanda Kelly Fraga Oliveira Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju https://orcid.org/0000-0002-9094-6128
  • Jucielma de Jesus Dias Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil
Palavras-chave: Enfermagem, Docente, Discente, Saúde da família

Resumo

O presente trabalho consiste em um relato de experiência, com base na Estratégia Saúde da Família (ESF), de docentes da disciplina Estágio Curricular Supervisionado II (ECS II) com turmas do décimo semestre do curso de graduação em enfermagem de uma instituição privada de ensino superior em Aracaju, Sergipe. Tem como objetivo descrever a percepção de docentes quanto a seu papel na formação dos graduandos em enfermagem. Trata-se de relato de experiência vivenciada com acadêmicos do ECS II, cursando o décimo semestre do curso de enfermagem, a partir do desenvolvimento e supervisão de atividades pertinentes ao enfermeiro na ESF. O contato dos discentes do curso de enfermagem com a prática assistencial da Atenção Primária à Saúde acontece de forma que os acadêmicos podem identificar a Unidade Básica de Saúde como porta de entrada para os serviços de saúde, reconhecendo o território, conhecendo a população e sendo resolutivos frente aos problemas de saúde da população e da comunidade.

 

Biografia do Autor

Fábia Luanna Leite Siqueira Mendes Santos, Universidade Tiradentes

Enfermeira. Mestra em Enfermagem pela Universidade Federal de Sergipe. Docente/Professora Assistente na Universidade Tiradentes (UNIT). Aracaju, Sergipe, Brasil.

Fernanda Kelly Fraga Oliveira, Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju

Biomédica e Enfermeira. Mestra em Saúde e Ambiente pela Universidade Tiradentes. Enfermeira da Estratégia Saúde da Família na Secretaria Municipal de Saúde. Aracaju, Sergipe, Brasil.

Jucielma de Jesus Dias, Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil

Enfermeira. Mestra em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Feira de Santana. Enfermeira na Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil (CASSI). Aracaju, Sergipe, Brasil.

Referências

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria n. 2.436, de 21 de setembro de 2017. Aprova a Política Nacional da Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes para a organização da Atenção básica no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Diário Oficial da União, Brasília (DF), 2017 set 21, Seção 1.

Silveira YMSC, Ramires JCL, Silva TP. Estratégia de Saúde da Família: Cultura e saúde na construção de um novo modelo de atenção básica no bairro Morrinhos em Montes Claros – Minas Gerais/Brasil. Rev Geo de América Central. 2011;2(47E):1 17.

Santa Rosa MPR, Lucon DR, Lima DM, Bocardi MIB. Protocolo de Estágio curricular e TCC: graduação em enfermagem. Aracaju (SE): EDUNIT; 2015.

Autonomo FROM. A preceptoria em saúde a partir das publicações brasileiras [dissertação]. Rio de Janeiro (RJ): Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca; 2013.

Publicado
2021-11-03
Seção
Relato de experiências