EXPERIÊNCIA DO LABORATÓRIO CENTRAL DE SAÚDE PÚBLICA DA BAHIA NO ENFRENTAMENTO DA PANDEMIA DA COVID-19

  • Felicidade Mota Pereira Secretaria da Saúde do Estado da Bahia
  • Arabela Leal e Silva de Mello Secretaria da Saúde do Estado da Bahia
  • Elaine Cristina Faria Secretaria da Saúde do Estado da Bahia
  • Patrícia Araújo Beck de Oliveira Secretaria da Saúde do Município de Salvador
  • Mariana Nossa Aragão Secretaria da Saúde do Estado da Bahia
  • Akemi Erdens Aoyama Chastinet Secretaria da Saúde do Estado da Bahia
Palavras-chave: Sars-CoV-2, covid-19, pandemia, vigilância laboratorial, coronavírus

Resumo

A Covid-19 é uma doença infecciosa causada pelo novo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que causou um surto de pneumonia viral incomum em pacientes em Wuhan, na China, no final do ano de 2019. O vírus se disseminou pelo mundo em grandes proporções, atingindo o status epidemiológico de pandemia. Diante desse cenário, que afetou toda a Federação brasileira, o Laboratório Central de Saúde Pública Professor Gonçalo Moniz (Lacen-BA) tem exercido papel fundamental no diagnóstico da Covid-19 e na vigilância genômica do SARS-CoV-2. Nesse sentido, este estudo tem como objetivo descrever as estratégias implementadas pelo Lacen-BA para ampliar a capacidade diagnóstica e atender a demanda da rede SUS-BA no contexto da pandemia da Covid-19. Trata-se de um estudo descritivo-observacional, orientado por um modelo lógico sustentado em quatro dimensões: parque tecnológico, metodologias analíticas, descentralização do exame e monitoramento de indicadores de resultados. As iniciativas de gestão possibilitaram ampliação da capacidade instalada e operacional, mediante modernização da estrutura física, renovação do parque tecnológico, reorganização dos fluxos e processos de trabalho, aporte de novas tecnologias analíticas e estruturação de dashboard para monitorar indicadores e subsidiar o processo decisório. O Lacen-BA, enquanto coordenador da Rede Estadual de Laboratórios de Saúde Pública e sistema de apoio da Rede de Atenção à Saúde (RAS), constitui-se então em estruturas policêntricas essenciais para o diagnóstico descentralizado e regionalizado da Covid-19, contribuindo para a integração sistêmica das ações e serviços no contexto da regionalização da saúde, de modo a garantir a universalidade do acesso e integralidade dos cuidados aos usuários do SUS.

Biografia do Autor

Felicidade Mota Pereira, Secretaria da Saúde do Estado da Bahia

Laboratório Central de Saúde Pública Prof. Gonçalo Moniz (Lacen/BA). Secretaria da Saúde do Estado da Bahia. Salvador, Bahia, Brasil.

Arabela Leal e Silva de Mello, Secretaria da Saúde do Estado da Bahia

Laboratório Central de Saúde Pública Prof. Gonçalo Moniz (Lacen/BA). Secretaria da Saúde do Estado da Bahia.
Salvador, Bahia, Brasil.

Elaine Cristina Faria, Secretaria da Saúde do Estado da Bahia

Consultora em Sistemas de Gestão da Qualidade e Segurança em Saúde. Salvador, Bahia, Brasil.

Patrícia Araújo Beck de Oliveira, Secretaria da Saúde do Município de Salvador

Secretaria da Saúde do Município de Salvador. Salvador, Bahia, Brasil.

Mariana Nossa Aragão, Secretaria da Saúde do Estado da Bahia

Laboratório Central de Saúde Pública Prof. Gonçalo Moniz (Lacen/BA). Secretaria da Saúde do Estado da Bahia. Salvador, Bahia, Brasil.

Akemi Erdens Aoyama Chastinet, Secretaria da Saúde do Estado da Bahia

Laboratório Central de Saúde Pública Prof. Gonçalo Moniz (Lacen/BA). Secretaria da Saúde do Estado da Bahia. Salvador, Bahia, Brasil.

Referências

Drosten C, Gunther S, Preiser W, van der Werf S, Brodt HR, Becker S, et al. Identification of a novel coronavirus in patients with severe acute respiratory syndrome. N Engl J Med. 2003;348(20):1967-76.

Chen Y, Liu Q, Guo D. Emerging coronaviruses: Genome structure, replication, and pathogenesis. J Med Virol. 2020;92(10):2249.

Remuzzi A, Remuzzi G. COVID-19 and Italy: what next? Lancet. 2020;395(10231):1225-8.

Holshue ML, DeBolt C, Lindquist S, Lofy KH, Wiesman J, Bruce H, et al. First Case of 2019 Novel Coronavirus in the United States. N Engl J Med. 2020;382(10):929-36.

Sibylle BS, Rolland P, Silue Y, Mailles A, Campese C, Simondon A, et al. First cases of coronavirus disease 2019 (COVID-19) in France: surveillance, investigations and control measures, January 2020. Euro Surveill. 2020;25(6).

Organização Pan-Americana da Saúde. OMS afirma que COVID-19 é agora caracterizada como pandemia [Internet]. 2021 mar 11 [citado em 2021 mar 1]. Disponível em https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=6120

World Health Organization. WHO Coronavirus Disease (COVID-19) Dashboard 2021 [Internet]. 2020 [citado em 2021 mar 1]. Disponível em https://covid19.who.int/

Brasil. Ministério da Saúde. Boletim Epidemiológico Especial n. 44 Doença pelo Coronavírus COVID-19 [Internet]. Brasília (DF); 2021 jan 6 [citado em 2021 mar 1]. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/media/pdf/2021/janeiro/07/boletim_epidemiologico_covid_44.pdf

Corman VM, Landt O, Kaiser M, Molenkamp R, Meijer A, Chu DK, et al. Detection of 2019 novel coronavirus (2019-nCoV) by real-time RT-PCR. Euro Surveill. 2020;25(3):2000045.

Cheng MP, Papenburg J, Desjardins M, Kanjilal S, Quach C, Libman M, et al. Diagnostic Testing for Severe Acute Respiratory Syndrome-Related Coronavirus 2: A Narrative Review. Ann Intern Med. 2020;172(11):726-34.

Brasil. Ministério da Saúde. Boletim Epidemiológico n. 3. Doença pelo Novo Coronavírus 2019 COVID-19 [Internet]. 2020 fev 21 [citado em 2021 mar 1]. Disponível em http://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2020/fevereiro/21/2020-02-21-Boletim-Epidemiologico03.pdf

Landim E, Guimarães M, Pereira AP. Rede de Atenção à Saúde: integração sistêmica sob a perspectiva da macrogestão. Saúde debate. 2019;43(spe5):161-73.

Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução – RDC n. 50, de 21 de fevereiro de 2002. Dispõe sobre o Regulamento Técnico para planejamento, programação, elaboração e avaliação de projetos físicos de estabelecimentos assistenciais de saúde. Brasília (DF); 2002.

Silva RGL, Chammas R, Plonski GA, Goldbaum M, Ferreira LCdS, Novaes HMD. A participação da universidade na produção de testes diagnósticos moleculares do novo coronavírus no Brasil: resposta aos desafios sanitários. Cad Saúde Pública. 2020;36(6):e00115520.

Lana RM, Coelho FC, Gomes MFC, Cruz OG, Bastos LS, Villela DAM, et al. Emergência do novo coronavírus (SARS-CoV-2) e o papel de uma vigilância nacional em saúde oportuna e efetiva. Cad Saúde Pública. 2020;36(3):e00019620.

World Health Organization. SARS-CoV-2 genomic sequencing for public health goals: Interim guidance, 8 january 2021 [Internet]. 2021 jan 8 [citado em 2021 mar 1]. Disponível em https://www.who.int/publications/i/item/WHO-2019-nCoV-genomic_sequencing-2021.1

Will RMMM, Landim ELAS, Guimarães MCL, Pagliarini EM, Mota CO. A descentralização e regionalização das ações de vigilância laboratorial no estado da Bahia: a experiência da rede de laboratórios de saúde pública. Rev Baiana Saúde Pública. 2015;v.39(Supl. 1):10-30.

Mendes EV. As redes de atenção à saúde. Ciênc Saúde Coletiva. 2010;15(5):2297-305.

Mendes EV. As redes de atenção à saúde. 2. ed. Brasília (DF): Organização Pan-Americana da Saúde; 2011.

Lima LD, Viana ALÁ, Machado CV, Albuquerque MV, Oliveira RG, Iozzi FL, et al. Regionalização e acesso à saúde nos estados brasileiros: condicionantes históricos e político-institucionais. Ciênc Saúde Coletiva. 2012;17(11):2881-92.

Viana ALÁ, Bousquat A, Melo GA, Negri Filho AD, Medina MG. Regionalização e Redes de Saúde. Ciênc Saúde Coletiva. 2018;23(6):1791-8.

Organização Pan-Americana de Saúde. Manual de Monitoramento e Avaliação dos Termos de Cooperação da Representação da OPAS/OMS no Brasil. Brasília (DF); 2016.

Amaral CFL, Franciscato FL, Urbano G, Ultramari L, Laurindo MC, Corte RIAS, et al. Aplicação da gestão da qualidade no enfrentamento à COVID-19. Revista Qualidade HC. 2020:177-88.

Dong E, Du H, Gardner L. An interactive web-based dashboard to track COVID-19 in real time. Lancet Infect Dis. 2020;20(5):533-4.

Wissel BD, Van Camp PJ, Kouril M, Weis C, Glauser TA, White PS, et al. An interactive online dashboard for tracking COVID-19 in U.S. counties, cities, and states in real time. J Am Med Inform Assoc. 2020;27(7):1121-5.

Publicado
2021-04-08
Seção
Relato de experiências